DECEMBER 9, 2022
GERAL

Após enchentes no sul da Bahia, SINDPOC visita IPC Ademar em Itabuna

post-img

As fortes chuvas que devastaram o sul da Bahia nas últimas semanas trouxeram uma série de prejuízos às famílias de cidades da região, como casas invadidas pela água, bens e documentos perdidos nas enchentes.

Uma das muitas famílias atingidas pelas cheias foi a do Investigador de Polícia Civil Ademar Brandão, morador da cidade de Itabuna, o qual teve sua casa invadida pela água e acabou perdendo documentos pessoais, móveis, eletrodomésticos, entre outros bens que foram conquistados com muito suor após anos de trabalho e dedicação à sua profissão.

No dia quatro deste mês, Eustácio Lopes, presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (SINDPOC), visitou a casa do IPC Ademar, que relatou como recebeu a notícia, no dia 25 de dezembro de 2021, informando que sua casa estava sendo tomada pela água.

“Estava dando plantão em Itacaré, quando foi às 4h da manhã [...] eu recebi o telefonema de minha vizinha, dizendo o seguinte: ‘Ademar, providencie ver o que você pode fazer porque sua casa está embaixo d’água, sua casa já tá toda alagada’. Eu entrei em desespero, não sabia o que fazer”, contou o Investigador, que recebeu imagens do estado em que se encontrava o imóvel logo após a ligação.

Ademar relatou que na parte de trás da casa passa um córrego, o que facilitou a passagem rápida da água por todo o imóvel. Emocionado, o IPC revelou que na tentativa de reaver alguns documentos e móveis, contou com a colaboração de mais de 50 pessoas que foram à residência em um ato de solidariedade.

O Investigador conta agora com o suporte de uma rede de apoio formada por vizinhos e colegas da categoria, que seguem unidos para que Ademar e sua família possam retornar à normalidade com dignidade em seu lar, após a perda de tudo pelo que trabalhou para conquistar.

O presidente do SINDPOC pontuou as dificuldades de recuperar o que se perdeu durante a enchente, mencionando que Policiais Civis não possuem reajuste em seus salários desde o ano de 2015, o que torna o processo de recuperação ainda mais doloroso, lento e dispendioso.

O SINDPOC luta para que Investigadores, Escrivães e Peritos Técnicos tenham dignidade para reestruturar suas vidas, sobretudo com um salário que faça justiça ao empenho da categoria na manutenção da ordem e da paz social. Solidário aos problemas enfrentados pelo IPC Ademar Brandão, o sindicato seguirá engajado nessa luta, a fim de ajudá-lo a se reerguer.

 


 

Fonte: ASCOM - SINDPOC

author-img_1

Shubary Quinta-feira, 28 de Jul de 2022 03:00

Viagra Rezeptfrei comprare cialis online

author-img_1

Fisashy Quarta-feira, 17 de Ago de 2022 03:00

buy ivermectin stromectol Combivent Inhaler Order On Line No Rx

Cart