subscribe img
Endereço:

80 Ladeira dos Barris,
Salvador, Bahia

Telefones:

aumento

Durante entrevista do Secretário de Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, à TV Educadora, na noite desta quinta-feira(14),  policiais civis do Estado utilizaram as redes sociais para reivindicar a correção das horas extras e o salário de nível superior dos investigadores, escrivães e peritos papiloscopistas da Polícia Civil baiana.

Servidores de diversos cantos da Bahia noticiaaram mensagens de questionamentos e protestos à discrepância que existe entre a lei orgânica 11.370/09 e o piso salarial vigente atualmente que ainda corresponde às carreiras de nível médio. O investigador Ruy Carvalho, lotado na 4 ° Delegacia Territorial de São Caetano, apoiou e participou da mobilização que foi realizada através das redes sociais. " Nós estamos há 10 anos como carreiras de nível superior e continuamos ganhando como nível médio. Estamos ao longo desses anos acumulando perdas remuneratórias. O policial não se sente valorizado pelo Governo do Estado e isso acaba afetando na própria qualidade da prestação de serviço que é oferecida à sociedade e na autoestima do profissional", destaca o investigador Ruy Carvalho. O servidor salienta que a Bahia possui uma elevada  extensão territorial e as redes sociais surgem como melhores instrumentos para difundir as informações entre a categoria. " São nossas principais ferramentas de comunicação  que disponibilizamos atualmente. Além de serem rápidos, são baratos. São de fundamental importância às nossas mobilizações", frisa o investigador Ruy Carvalho. ASCOM SINDPOC

COMPARTILHAMENTO: