subscribe img
Endereço:

80 Ladeira dos Barris,
Salvador, Bahia

Telefones:

Nosso homenageado do quadro "Banco de Talentos", desta quarta-feira(19), é o perito técnico Vilson Costa, 41 anos, lotado no Departamento de Polícia Técnica ( DPT),de Salvador, no Instituto de Criminalística Afrânio Peixoto (ICAP). Nosso servidor que faz a diferença é engenheiro eletricista com especialização em Designer e Marketing e, atualmente, é responsável pelo treinamento realizado pela Coordenação de Topografia, Modelagem e Desenho, vinculado ao ( DPT), onde, além de atuar como perito, ministra cursos de capacitação e atualização dos profissionais inseridos.

Através de parceria firmada entre SINDPOC e SINDPEP, Vilson Costa já promoveu também diversos cursos de formação destinados aos peritos iniciantes de Salvador e do interior baiano, inclusive, alguns suspeitos foram capturados após o trabalho desenvolvido de qualificação e aperfeiçoamento dos peritos.
Devido à expertise que possui na arte de designer, o perito Vilson Costa atua como professor da disciplina de "Retrato Falado" da Academia de Polícia  (ACADEPOL). 

Nossa talento, desta quarta-feira(19), explica que o Retrato Falado tem como objetivo  auxiliar na investigação ao reduzir o universo dos suspeitos e configura-se como uma representação gráfica  obtida através de descrição abstrata prestada por um informante,  que pode ser a vítima do crime ou uma testemunha. 

O  perito ressalta a importância do retrato falado à investigação criminal e lembra que consta no Código de Processo Penal enquanto  ferramenta que auxilia na elucidação dos crimes. Como exemplo, cita o caso de um estupro que ocorreu na Paralela o qual o retrato falado e o exame grafotécnico do acusado  possibilitaram a identificação da autoria do crime e a respectiva prisão do suspeito  Jessé Silva dos Santos, 24 anos.

Apesar de salientar a importância do Retrato Falado ao processo de elucidação dos crimes, o perito esclarece que o retrato falado por si só não serve como elemento de prova judicial. O servidor menciona o caso do jornalista Jorge Pedra, que apresentava um programa de celebridades na televisão baiana " Fama e Sucesso", assassinado no  hotel Democrata, localizado no bairro Dois de Julho, por Emerson Neves de Jesus, 19 anos,em novembro de 2009, o qual o retrato falado ajudou a identificar o homicida, entretanto, o acusado foi absolvido no Tribunal do Júri.

Nosso servidor elogia a iniciativa do quadro Banco de Talentos do SINDPOC e ressalta que esse tipo de trabalho que visa  valorizar a imagem e a trajetória dos policiais civis ajuda a criar referências positivas dentro da Polícia Civil.   "Quando você promove reconhecimento profissional, você gera maior motivação nos servidores, além de promover mais participação e interação interna da categoria", frisa o perito técnico Vilson Costa. O nosso Talento é  casado, pai de uma menina, e tem como hobbies ouvir música, praticar o ato de leitura e de pesquisa, tocar violão e cozinhar.  

Confiram reportagens abaixo:

http://g1.globo.com/bahia/jornal-da-manha/videos/t/edicoes/v/tecnica-apurada-especialistas-mostram-como-sao-feitos-os-retratos-falados-na-policia/5943621/

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1727932613914406&id=100000930511925

COMPARTILHAMENTO: