DECEMBER 9, 2022
GERAL

Com 97,6% dos votos válidos, Eustácio Lopes é reeleito presidente do Sindicato dos Policiais Civis da Bahia

post-img

Foi reeleito para presidir o Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (SINDPOC), pelos próximos quatros anos, o investigador, Eustácio Lopes. O resultado das eleições sindicais que ocorreram nesta quinta ( 15) e sexta – feira (16) foi divulgado na tarde deste sábado (17) e, de acordo com a comissão eleitoral, a chapa capitaneada por Lopes, denominada, Juntos Somos Mais Fortes obteve 97,6% dos votos válidos. 

Com o resultado das urnas Eustácio Lopes, juntamente com a sua diretoria terão a missão de representar os policiais civis da Bahia pelos próximos quatro anos. Para o presidente reeleito do SINDPOC, o resultado das urnas traz uma sensação de legitimidade e responsabilidade para com a categoria. 

“ O sentimento é de responsabilidade ainda maior para com os policiais, uma vez que nas urnas a categoria nos deram legitimidade. Fico feliz, pois, os colegas têm acreditado em nosso trabalho, e tenho certeza que com muita humildade, muita dedicação iremos corresponder a altura dos anseios dos colegas", disse Eustácio Lopes.

Eustácio Lopes 

Eustácio de Oliveira Lopes Filho é natural de Mascote(Sul do Estado), graduado em filosofia pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), bacharel em Direito pela Faculdade Ilhéus. Ele já foi Policial Militar (PM), em 2004 passou no concurso para investigador da Polícia Civil da Bahia. Já atuou em várias delegacias no sul do estado. 

Sempre acompanhou a luta sindical, em 2008 entrou para o sindicato, se tornando uma das lideranças sindicais em nosso estado. 

Em sua segunda gestão, Eustácio Lopes terá novamente a investigadora, Ana Carla Souza, como sua primeira vice – presidente. 

Ela que está na PCBA há 16 anos, tem uma vasta experiência do dia dia sindical, sobretudo na luta contra o assédio moral e sexual contra as policiais civis. Ana Carla é bacharel em administração hospitalar, especialista em análise criminal, gestão em segurança pública e especialista em pericia criminal. 

Fonte: ASCOM - SINDPOC

Cart