DECEMBER 9, 2022
GERAL

Na cidade de Gavião, SINDPOC denuncia o estado  de abandono da delegacia local

post-img

Membros da diretoria do SINDPOC visitaram no último dia (05), a Delegacia Territorial (DT) na cidade de Gavião (região sisaleira do estado), e mais uma vez, a direção sindical representada pelo presidente, Eustácio Lopes e Agrimaldo Souza (diretor gerional) foram surpreendidos negativamente com as condições de abandono da unidade. 


Quem visita a delegacia de Gavião se depara com a estrutura precária, onde nem identificação existe, a parte elétrica está comprometida. Recentemente a prefeitura da cidade realizou uma reforma no local, pois o teto ameaçava a desabar, o município cede a internet para a unidade. 
Para piorar, não tem Investigador e nem delegado, com isso homicídios relacionados ao tráfico de drogas ficam sem serem elucidados, porque não há estrutura de trabalho nas delegacias. 


“Por isso e outros fatores é que a Bahia hoje é o estado tri-campeão em homicídios, o estado que mais mata  e menos elucida os crimes. A realidade aqui em Gavião é o que ocorre na maioria das cidades baianas, em que as delegacias só funcionam devido a parceria com as prefeituras. Precisamos que o Governo do Estado  invista na Policia Civil, bem como na justa valorização dos seus servidores, para que de fato haja segurança pública na Bahia” , disse Eustácio Lopes, presidente do SINDPOC.

Fonte: ASCOM - SINDPOC

Cart