subscribe img
Endereço:

80 Ladeira dos Barris,
Salvador, Bahia

Telefones:

Na manhã desta quarta-feira (28), a diretora jurídica do SINDPOC, Luciene Rodrigues, se fez presente na sede da Corregedoria, com fito de acompanhar o depoimento de mais uma servidora, da DEAM de Brotas, cujo plantão foi envolvido em uma denúncia formulada pelo advogado Antônio André Mendes Oliveira, o qual alega ter sofrido agressão na unidade policial, no último dia 17 a noite, quando requereu uma medida protetiva para sua cliente, vítima de violência doméstica, ocorrida no dia 04 de julho de 2021, a qual já vinha sendo acompanhada por outra autoridade policial; cujo fato fora registrado no dia 10 do mês em curso, e a delegada responsável estaria de plantão no dia seguinte àquela procura;  vale ressaltar que em nenhum momento os policiais do plantão se negaram a prestar atendimento, dando as devidas orientações; o que ocorreu foi que o advogado queria apenas que a autoridade policial daquele plantão lhe desse medida protetiva para sua cliente. Cumpre informar que o próprio advogado, poderia requerer tal medida, de posse da ocorrência que sua cliente já possuía, haja vista que não havia fato novo a ser acrescentado na ocorrência existente. 
Os policiais ouvidos foram unânimes em afirmar que em nenhum momento foi negado atendimento ao referido advogado, o mesmo esteve o tempo todo tentando intimidar, desacatando os servidores públicos de plantão, o que configura um crime, artigo  artigo 331 do Código Penal, inclusive aos gritos na frente das demais pessoas que estavam sendo atendidas.  
Diante disso, o SINDPOC, desde aquele momento se colocou à disposição com todos seu corpo jurídico a fim de acompanhar e instruir todos os policiais envolvidos na situação, a fim de trazer a verdade dos fatos, bem como esclarecer o que realmente aconteceu. 
Estamos presentes em todos os momentos da vida do policial civil, porque juntos somos mais fortes.   
Jurídico SINDPOC, 
Luciene Rodrigues 
Diretora Jurídica

COMPARTILHAMENTO: