subscribe img
Endereço:

80 Ladeira dos Barris,
Salvador, Bahia

Telefones:

A Bahia é o Estado campeão da violência pelo segundo ano consecutivo, liderando o percentual de mortes violentas, sendo responsável por 13,5% das 10.663 ocorrências registradas em todo o Brasil apenas no primeiro trimestre de 2021.
Segundo dados levantados pelo Monitor da Violência referentes aos anos de 2019 e 2020 no país no que diz respeito a mortes violentas relacionadas a operações policiais, o número de mortes por policiais em ações de enfrentamento aumentaram 47%, enquanto o percentual de óbitos de policiais cresceu 38%. A estatística do Monitor da Violência, contudo revela ainda que, mesmo com esses dados, o Brasil ainda alcançou uma redução de 11% em homicídios, o que contrasta com a baixa de apenas 0,1% no estado da Bahia.
Durante os meses de janeiro e fevereiro de 2020 a Bahia apresentou uma alta na quantidade de crimes letais contra a vida com 926 ocorrências, enquanto no mesmo período em 2019 foram contabilizados 844 homicídios. A escalada da violência continuou e no primeiro trimestre de 2021 foram registradas 1.449 mortes violentas no estado, número superior aos de estados como Rio de Janeiro e São Paulo, responsáveis respectivamente por 964 e 846 homicídios.
O pouco investimento do Governo e da Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia enfraquece a capacidade de operação e intensificam as limitações do trabalho da Polícia Civil no enfrentamento à violência. O SINDPOC cobra melhorias nas condições de trabalho para as Delegacias Territoriais do estado que seguem operando com equipamentos sucateados, sem infraestrutura adequada e com policiais que, sem a valorização do governo e da SSP, ficam fragilizados diante do crime organizado e trabalham sem as condições operacionais adequadas para executar as ações de combate a criminosos e à violência.


COMPARTILHAMENTO: