Sindpoc e Sindguarda cobram fim da custódia de presos em delegacias da Bahia

Juntos, Sindpoc e Sindguarda estudam as medidas judiciais que serão tomadas

Representantes dos Sindicatos dos Guardas Municipais (Sindguarda) e dos Policiais Civis da Bahia (Sindpoc) se reuniram, na última semana, em Itabuna – região sul, para discutir e instar o Ministério Público a ajuizar medidas judiciais que acabem com a detenção de presos em delegacias, além do uso de pessoal não qualificado para fazer a segurança e custódia de detentos.

Participaram do encontro os presidentes do Sindpoc, Eustácio Lopes, do Sindguarda, Pedro de Oliveira, o procurador jurídico do Sindguarda, Davi Pedreira, e o Promotor de Justiça, Pedro Paulo de Paula Vilela Andrade, da comarca de Camacã.

Os presentes lembraram do caso, ocorrido em outubro, de um guarda municipal que foi baleado durante o resgate de um preso da delegacia de Pau Brasil, no sul da Bahia. Para o presidente Eustácio Lopes, “os presos não devem permanecer segregados definitivamente em delegacia de polícia, uma vez que não é estabelecimento penal, e tampouco possui estrutura física adequada ou efetivo para isso”.

Eustácio reforça que a designação de pessoal não preparado para essa função não é o único problema das delegacias. “Há prédios interditados e que continuam servindo de local de trabalho para nosso policiais, o que torna o ambiente totalmente insalubre, somando-se a outras dificuldades, como falta de material bélico, veículos ou até mesmo papel para lavrar ocorrências”.

Já o diretor do Sindguarda, Delmo Souza, declarou que a situação tornou-se insustentável. “Ao colocar um Guarda Municipal para tomar conta de delegacia, principalmente aos fins de semana, quando, em sua maioria, ficam sozinhos, correndo risco”, disse Delmo Souza.

Juntos, Sindpoc e Sindguarda estudam as medidas judiciais que serão tomadas, em parceria com o Ministério Público, para que seja proibida, tanto a custodia prolongada em delegacias, quanto a designação de pessoal sem preparo para cuidar desse tipo de trabalho.

Sindpoc e Planserv levam serviços de saúde a DHPP

Projeto será levado a outras delegacias

Parceria firmada entre o Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (Sindpoc) e o Planserv, plano de saúde dos servidores estaduais, levou aos policiais lotados na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Salvador serviços básicos de atenção à saúde do homem, como parte da programação do Novembro Azul.

Durante toda a segunda e terça (11 e 12), estão sendo oferecidas avaliações nutricionais, medição da pressão arterial e da massa corporal, e dadas orientações para uma boa manutenção da saúde do homem.

“Essa iniciativa vai percorrer as demais delegacias da capital e do interior do estado, para alertarmos a esse público que cuidar da saúde também é coisa de homem”, afirmou o presidente do Sindpoc, Eustácio Lopes.

Parlamentares e sindicalistas convidados a participar das comemorações de 30 anos do Sindpoc

Representante de mais de 4 mil agentes civis da segurança pública na Bahia, o Sindpoc aguarda a participação da categoria e também de deputados estaduais, vereadores, sindicalistas e outras autoridades baianas.

Nesta quarta-feira, dia 13 de novembro, o Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (Sindpoc) completa 30 anos de fundação. A data será lembrada com um café da manhã que será oferecido a partir das 8h, na sede da entidade, na Ladeira dos Barris, centro de Salvador.

Representante de mais de 4 mil agentes civis da segurança pública na Bahia, o Sindpoc aguarda a participação da categoria e também de deputados estaduais, vereadores, sindicalistas e outras autoridades baianas.

Nessa segunda-feira, dia 11, o diretor parlamentar da entidade, Érico Araújo, esteve na Assembleia Legislativa para convidar deputados à participar da solenidade e fez visitas também a sindicatos, como o dos trabalhadores em saúde e dos vigilantes.

“Visitei, acompanhado do diretor administrativo do Sindpoc, Osana Gonçalves, muitos gabinetes e sindicatos, e fomos muito bem recebidos em todos eles, o que demonstra o respeito que nossa categoria e nossa entidade possuem perante a opinião pública”, afirmou Érico Araújo.

Espaço Novembro Azul

Serão desenvolvidas temáticas em mesas expositivas a fim de estimular o cuidado do homem com a sua saúde. Serão ofertadas orientações em saúde por meio […]

Serão desenvolvidas temáticas em mesas expositivas a fim de estimular o cuidado do homem com a sua saúde. Serão ofertadas orientações em saúde por meio de painel interativo, cartaz autoexplicativo, vídeo educativo, teste nutricional, aferição de pressão, medição de circunferência, distribuição de preservativo.

Mesa Expositiva I

Tema: “Reflexões sobre o Homem Moderno”

Apresentação de painel, frases, cartões, direcionada a sensibilização dos homens em relação a masculinidade construída socialmente e como isto pode interferir no autocuidado.

 Mesa Expositiva II

Tema: “Homem que se cuida vive melhor”

Aplicação de testes, degustação de alimentos saudáveis, orientações referentes a alimentação e exercício físico e alongamento com o intuito de despertar para as modificações de estilo de vida que contribuem para a saúde.

Mesa Expositiva III

Tema: “Homem, como vai sua saúde?”

Aferição de pressão arterial, aferição de medida de circunferência abdominal, cartão de orientações às vacinas, distribuição de preservativos e orientações em saúde.

Roda de Conversa

Tema: Cuidar da Saúde do Homem também é coisa de Homem.

DATA : 11  de Novembro de 2019

HORÁRIO : 09h às 12h

LOCAL : DHPP Pituba