logo
logo (71) 3016-4541
logo contato@sindpoc.org.br
Quarta-feira, 01 de Abr de 2020 14:01

Banco de Talentos: Quatro décadas de devoção, o amor de Portela à profissão

Seus 42 anos de dedicação e centenas de crimes elucidados, renderam ao investigador Paulo Portela a visibilidade que nenhum outro possui em sua profissão. Uma das figuras mais ilustres da Polícia Civil da Bahia, Portela, como é popularmente conhecido, é o homenageado da vez no Banco de Talentos do SINDPOC.

Sua história começa na antiga Delegacia de Jogos e Costume, no Terreiro de Jesus, em 1978, como o próprio gosta sempre de lembrar. Sua motivação vinha do pai que também era policial e influenciou o jovem portela. Hoje ele diz que se apaixonou de tal forma pela profissão que só larga quando se aposentar, e nós esperamos que isso tarde a acontecer.

Depois disso, Portela passou a fazer plantão no Maciel, local onde afirma ter vivido umas das melhores experiências da carreira, como o caso do mafioso Tommaso Buscceta, que havia estado bem próximo de ser capturado. De lá, foi transferido para a Ceop e depois para a 1ª Delegacia, no Complexo dos Barris, com o delegado Osmam Bagdé, foi quando começou a conquistar a notoriedade que possui hoje.

Já na 7º Delegacia Territorial (DT), no Rio Vermelho, há mais de 20 anos, Portela atua como chefe de investigação e a idade não o impede de continuar trazendo resultados. Seu amor à corporação o fazem um defensor absoluto da categoria e símbolo para todos nós no Sindicato dos Policiais Civis da Bahia.

Mas seus planos para a aposentadoria já estão em parte encaminhados, ele espera poder descansar e publicar uma biografia sobre sua vida e carreira, então ainda podemos esperar ouvir bastante o nome de ‘Paulo Portela’.

 

Comentários

  • Tenho muito orgulho de ser filho de Portelinha, porque ética e moral são poucas pessoas que mantém em sua conduta de vida, um excelente e honrado homem , pai e cidadão. Att. Alisson Freitas Portela.

    esse paulo portela não vai morrer morrer na policia civil , e quando ele se aposentar ele tem que sair do estado da bahia senão as facções vão cortar ele no aço, vão matar ele ....

    É com muito orgulho e Honra, que tive o prazer de Aprender e trabalhar ao Lado deste Grande Homem, Amigo, Ajudador, Honesto. O Portelinha. Quando iniciei a minha carreira policial, fui Super bem recebido por ele, alí no complexo dos Barris na 1.a DT. Aqui fica a você amigo portela, meus sinceros agradecimentos pôr tudo que aprendi, e parabéns pelo profissional quê tu és. DEUS te abençoe sempre. Abraços do Amigo IPC. Rubervaldo dos Santos carvalho.

Adicionar comentário

CADASTRE-SE E RECEBA BOLETIM ELETRÔNICO