Banco de Talentos: policial civil é referência internacional em sistemas de defesa pessoal

O nosso quadro “Banco de Talentos” o qual realiza um trabalho de valorização dos policiais civis baianos, desta semana, traz a história de mais um servidor que possui uma qualificação profissional diferenciada.

O nome dele é Franck Mascarenhas Lima, 46 anos, investigador lotado na Segurança Orgânica do Departamento de Inteligência Policial (DIP). O servidor é especialista em sistemas de defesa pessoal israelenses. Sua formação marcial: faixa preta de Jiu Jitsu, monitor de Panantukan (boxe filipino), faixa preta em Krav Magá e instrutor nível internacional de Kapap.?

Participou do 4º Festival Internacional de Artes Marciais Israelenses realizado em Cesareia/Israelno ano 2016, quando recebeu a faixa preta de 3° dan de Kapap Krav Magá do Grand Master Moshe Galisko, presidente da IKA (International Kapap Association). Atualmente Franck é Vice-Presidente da FBKMK (Federação Brasileira de Krav Magá e Kapap), sediada em Goiânia, cujo presidente é o Mestre Veruilson Nogueira.

Por duas vezes participou do Estágio de Adaptação á Vida na Selva pelo CIGS (Centro Instrução Guerra na Selva – Exército Brasileiro) na Selva Amazônica; em 2018 foi graduado o 4º Dan de Kapap Krav Magá pelo Grand Master Moshe Galisko (IKA/Israel) durante o Seminário Internacional Kapap realizado no Clube da Hebraica em São Paulo.

Nas horas vagas o servidor ministra aulas artes marciais e sistemas de defesa pessoal em academias, aulas particulares e aulas para grupos; participa, organiza e ministra cursos, workshops, seminários e palestras sobre os diversos sistemas de defesa pessoal e qualidade de vida. Graduado em Educação Física e em Direito, o investigador é Pós-graduado em “Política e Estratégia do Estado” pela Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra/UNEB e pós-graduado, também, em Defesa Pessoal Aplicada à Segurança Pública e Privada pela (FACEI).

Como amante de atividades esportivas e marciais, pratica e estuda Muay Thai, Sistemas de Artes Marciais Filipinos (exemplo FCS Kali) e Boxe. No mês de abril 2019 participou de um Curso de Retenção e Contra Retenção de Arma de Fogo com o Instrutor Americano James Urban em São Paulo, destacando-se e sendo convidado para formação instrutor do Urban Tactical Instructors, ressaltando que foi muito enriquecedor e fundamental o aprendizado das técnicas apresentadas, pois além de serem atuais, seria necessário que cada operador de segurança pública, em especial policiais civis, aprendessem pelo menos o básico para salvaguardar a sua vida caso necessitasse confronto corpo a corpo, pois havendo arma de fogo os riscos de perde-la aumentam caso não empregue corretamente a técnica, visando a proteção e manutenção do armamento.

Krav Magá e Kapap são sistemas de defesa pessoal israelense

Possui diversos cursos nas áreas de artes marciais, sistemas de defesa pessoal, tática e fitness. O nosso policial que faz a diferença, tem como principais hobbies a realização de práticas esportivas, praia, cinema, teatro, andar de bicicleta, boa leitura, boa música, e jogar vídeo games. “Esse projeto do SINDPOC mostra que o sindicato reconhece e valoriza os seus associados e isso é de fundamental importância para mostrarmos que os colegas desenvolvam atividades paralelas que se destacam e obtém êxito”, salienta Franck Mascarenhas.