Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 273

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 285

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 285

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 302

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 302

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 309

Associado ao SINDPOC lotado na DEAM de Brotas é absolvido de Processo Administrativo

O jurídico do SINDPOC consegue, com recorrência, absolvição em diversos casos de processos administrativos e criminais

Mais um policial civil filiado ao  SINDPOC foi beneficiado com o  trabalho desenvolvido pelo setor jurídico do SINDPOC. O  investigador Marcos Antônio dos Santos Ferreira, lotado na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM),de Brotas, foi absolvido de um Processo Administrativo o qual estava sendo acusado de ter  ameaçado de morte o proprietário de um imovel que o servidor fazia a locação.  Através da defesa feita pelo quadro de advogados do SINDPOC, o associado foi absolvido.

O investigador Marcos Antônio dos Santos Ferreira destaca  que o sindicato possui extrema importância à luta dos trabalhadores e afirma que o SINDPOC realiza um trabalho social  relevante à sociedade civil. ” Os advogados do  SINDPOC são ótimos! Me trataram muito bem! São exemplares ! Dou nota 10 e se eu pudesse dava nota 11!Gosto muito do trabalho feito pelo SINDPOC!”, salienta o sindicalizado.

O Presidente do SINDPOC,  Eustácio Lopes, enfatiza que o quadro de advogados do sindicato consegue, com recorrência, absolvições em diversos processos administrativos e criminais. O sindicalista lembra que três servidores que foram acompanhados por escritórios particulares,na última semana, não conseguiram absolvição nos processos criminais e foram demitidos da Polícia Civil. “Nossos advogados possuem muita experiência em defesas de processos administrativos e criminais. Os servidores que tem buscado escritórios particulares tem sido penalizados porque os escritórios não tem essa mesa expertise nas Ações,” enfatiza Eustácio Lopes