Search
quarta-feira 18 julho 2018
  • :
  • :

Nota de Repúdio

repudio1

O Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia – SINDPOC, por meio da diretoria, vem repudiar a conduta do Tenente da Polícia Militar Jardel, lotado na 50ª CIPM, bairro sete de abril em Salvador, que de forma criminosa emitiu comentário com conteúdo difamatório contra a categoria policial civil em um grupo denominado “família 50”, afirmando que os colegas policiais militares não deveriam se comover com a morte do investigador de Polícia Civil Rogerio Lima Ribeiro, o qual foi assassinado durante uma operação na Bananeiras/pedreira bairro do Lobato, no dia 27 de abril de 2018, porque todos os policiais civis eram bandidos iguais aos marginais que são presos e que, somente por ser policial civil, esses profissionais não teriam ajuda dele (Tem Jardel) em nenhuma situação.

IMG-20180502-WA0049
Essa declaração demonstra uma conduta, no mínimo discriminatória, preconceituosa, criminosa e passional quando ele expõe em suas declarações sentimentos de ódio e repulsa aos profissionais da Polícia Civil, e perguntamos porquê?

O Ten,PM Jardel não apresenta perfil para comandar ou representar uma tropada briosa e coirmã Polícia Militar da Bahia, demonstra em seu comentário perfil autoritário e arrogante.

A categoria policial civil reafirma que essa conduta isolada não afetará a grande relação entre os colegas das Instituições evidenciadas, e esperamos, que o Comando da Polícia Militar tome providências no sentido de coibir conduta isolada, irresponsável e criminosa desse senhor.
02 de maio de 2018

Marcos Maurício
Presidente




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress