DECEMBER 9, 2022
GERAL

Delegacia de Santo Antônio de Jesus segue em atividade mesmo em meio a reformas

post-img

Delegacias da Polícia Civil em todo o estado possuem, entre as principais queixas a respeito do ambiente de trabalho, a necessidade de melhorias estruturais para que os servidores possam atender a população com mais conforto. Contudo, quando esse pedido é atendido pelo Governo do Estado, policiais civis passam a ser assolados pela negligência.

Ainda durante o primeiro ano da pandemia, a diretoria do Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (SINDPOC), visitou a Delegacia de Santo Antônio de Jesus, onde atestou que, além da falta de efetivo e do acúmulo de funções sofrido pelo plantão, a unidade ainda sofria com problemas na infraestrutura que deixavam as instalações em condições precárias e não ideais para que os policiais trabalhassem e a população fosse acolhida.

Dois anos depois, com o pedido sendo atendido pelo Governo, o presidente do SINDPOC, Eustácio Lopes, em uma visita para acompanhar o andamento das obras da delegacia, se deparou com uma nova situação que colocava em risco o bem estar de policiais e cidadãos que buscavam atendimento. Em meio às reformas da unidade, os servidores estavam trabalhando normalmente enquanto eram expostos à poeira e aos barulhos do maquinário utilizado nas obras.

 

Cart