SINDPOC no ato contra a reforma da previdência

Movimento unificado contra a previdência estadual foi criado com o intuito de retirar a PEC 158/2019 – Reforma da Previdência Estadual um projeto que altera […]

Movimento unificado contra a previdência estadual foi criado com o intuito de retirar a PEC 158/2019 – Reforma da Previdência Estadual um projeto que altera as regras da aposentadoria. O sindicato dos policiais civis esteve presente nos protestos na ALBA (Assembleia Legislativa da Bahia) nos dias 13 e 14 de janeiro de 2020 para lutar pelos direitos da categoria. Estiveram a frente das atividades os diretores do sindicato e demais associados que compareceram no local.

O SINDPOC se une as Entidades e Centrais Sindicais como ADUNEB, ADUSB, ADUSC, ADUFS, APLB, Sindsaúde, Sindsefaz, Sinpojud, Sintaj, Sintest, Sinspeb, Força Sindical, CTB, CSP Conlutas e CUT para lutar contra a aprovação do projeto. O presidente Eustácio Lopes afirma que é uma reforma desnecessária, visto que Salvador é uma das capitais de maior desemprego do país.

Desse modo, os diretores do SINDPOC convocam a categoria de policiais civis para a concentração da Lavagem do Bonfim, nesta Quinta-Feira, 16/01, às 7:30h, na Praça da Inglaterra.

Ascom Sindpoc

Convocamos toda Categoria a se mobilizar, juntamente com os demais servidores públicos do estado, contra a PEC da Reforma da Previdência, por trazer muitos prejuízos aos Servidores, retirando direitos já conquistados. Participem! Façam parte dessa luta, diga não a PEC da maldade! #TodoscontraPECda maldade #Somos de Luta #Somos SINSPEB Ascom – SINSPEB

O Presidente do Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (SINDPOC), Eustácio Lopes, participou nesta segunda-feira (13) da reunião entre a executiva do Partido Socialista Brasileiro (PSB- Bahia)

O Presidente do Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (SINDPOC), Eustácio Lopes, participou nesta segunda-feira (13) da reunião entre a executiva do Partido Socialista Brasileiro […]

O Presidente do Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (SINDPOC), Eustácio Lopes, participou nesta segunda-feira (13) da reunião entre a executiva do Partido Socialista Brasileiro (PSB- Bahia) e dirigentes dos mais diversos segmentos do funcionalismo público estadual e centrais sindicais para discutir estratégias a favor da retirada da PEC 158/2019 que trata da Reforma da Previdência. Durante a reunião, a Deputada Fabíola Mansur falou sobre a posição do governo em dialogar pontos específico por categoria, mas ressaltou a importância do movimento em utilizar a casa legislativa para buscar diminuir danos.
Para Bebeto Galvão, as entidades e centrais sindicais precisam buscar alternativas para ampliar o debate com o governo. “Minha sugestão como encaminhamento é solicitar ao governo a retirada de prioridade da tramitação, para que seja possível discutir pontos específicos por cada segmento, a fim de reduzir danos, acredito que a nossa bancada pode ajudar nesta intermediação de diálogo”, pontuou Bebeto.


Eustácio Lopes, reforçou a necessidade de buscar alternativas para que a categoria não saia prejudicada, “minha sugestão é a reunião com o fórum das entidades e a deliberação para abrir o caminho do diálogo, a fim de atenuar pontos por categoria. Precisamos ter responsabilidades com a base. Infelizmente o governo decidiu agir de forma ruim e autoritária, o projeto poderia ter tido uma tramitação melhor, respeitando os prazos e as entidades que representam os servidores públicos, mas a luta continua e vamos permanecer mobilizados CONTRA A RETIRADA DE DIREITOS!”, finalizou Eustácio.