Notice: get_all_category_ids está obsoleto desde a versão 4.0.0! Use get_terms() em seu lugar. in /home/sindpocorg/public_html/wp-includes/functions.php on line 4435

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 273

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 285

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 285

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 302

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 302

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 309

Investigadores capturam assaltante que esfaqueou PM neste domingo

O fato ocorreu por volta das 10h, no centro da capital baiana

Durante assalto, na manhã deste domingo( 22), na região do Relógio São Pedro, centro da capital baiana, o policial militar Ireny Oliveira da Silva, lotado na Companhia de Polícia de Proteção Ambiental (COPPA), foi esfaqueado e teve o antebraço fraturado.

Os investigadores do setor de Segurança Orgânica vinculado ao Departamento de Inteligência (DIP), localizado no prédio da Polícia Civil, praça da Piedade, saíram em busca dos suspeitos e conseguiram mobilizar o assaltante que depois foi conduzido pela Polícia Militar à Central de Flagrantes. “Foi um trabalho em conjunto ! A PM já sabia do delito e nós fomos atrás dos assaltantes em apoio e solidariedade ao policial militar que foi esfaqueado. Os investigadores do setor de Segurança Orgânica conseguiram capturar o assaltante e entregar à Polícia Militar”, pontua o investigador Nilton Rodrigues.

Ascom Sindpoc


Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 273

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 285

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 285

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 302

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 302

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 309

“O grande diferencial dessa parceria é a possibilidade de 100% de financiamento, sem precisar pagar entrada”, comemora Vice-Presidente do Sindpoc

Sindpoc firmou parceria com a Caixa Econômica com o objetivo de facilitar o acesso dos associados aos programas habitacionais

A Vice-Presidente do Sindpoc, Ana Carla Conceição, ao visitar os feirões de imóveis que estão sendo promovidos pela Caixa Econômica, comemorou os benefícios que serão trazidos aos policiais civis que são filiados ao sindicato.

“Nós tínhamos a CONDER que era uma forma dos policiais adquirir os imóveis e hoje não existe mais.
Procuramos um meio de apoio ao policial para realizar o sonho da casa própria”, pontua.

A sindicalista ressalta que o diferencial da parceria consiste na possibilidade de 100% de financiamento, ou seja, sem a necessidade do servidor efetuar o pagamento equivalente à entrada do imóvel e destaca que o departamento jurídico do Sindpoc está à disposição dos sindicalizados para demandas de imóveis que envolvam algum imbróglio judicial.

“Alguns imóveis estão ocupados e, por isso, comunicamos ao jurídico do sindicato que caso surja algum problema, dê apoio e suporte. E não só com imóveis, também com consignados, com menores taxas de 1,12%. Então, temos uma série de fatores que beneficiam os associados”, frisa Ana Carla Conceição.

Ascom Sindpoc


Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 273

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 285

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 285

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 302

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 302

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 309

Investigador agradece apoio do Sindpoc

O servidor passou mal na unidade onde é lotado e teve o socorro negado pelo colega do expediente

O investigador Jair Maia, lotado na Delegacia Territorial de Candeias, agradece o apoio que recebeu da diretoria do Sindpoc em relação ao incidente que ocorreu na unidade onde trabalha. O servidor passou mal devido à pressão alta e teve o socorro negado por um colega que, apesar de ter constatado o quadro de saúde do investigador, deu prioridade a levar o delegado à residência em Salvador.

O Diretor de Comunicação do Sindpoc, Marlon Santa Rosa, explica que, segundo o decreto Decreto 9.486/05, art. 9, inc. XII. , do Governo do Estado, o qual disciplina sobre aquisição, locação, identificação e utilização de veículos automotores no âmbito da Administração Pública do Poder Executivo Estadual, apenas o Delegado-Geral possui a prerrogativa de fazer o deslocamento até a residência com veículo oficial da Polícia Civil. ” O colega além de não ter sido voluntário, infringiu o normativo jurídico.Pode ficar sujeito à sindicância”, pontua o dirigente sindical.

A Vice-Presidente do Sindpoc, Ana Carla Conceição, tomou conhecimento do ocorrido através das redes sociais e, de imediato, entrou em contato com o servidor e garantiu que o Sindpoc irá tomar todas as medidas cabíveis para defender e proteger o investigador. “Acolhemos o colega nesse momento tão difícil devido à omissão, à falta de socorro, à falta de companheirismo dos outros servidores. A função do Sindpoc é estar ao lado dos policiais civis nos momentos que eles mais precisam!”, salienta a dirigente sindical.

“Não desejo que nenhum colega passe pelo o que eu passei! Foram momentos muito difíceis dentro da minha unidade onde eu estava de serviço! Quero agradecer ao sindicato que comprou a causa e que está me dando total apoio! Estou percebendo outra cara do Sindpoc”, agradece o investigador.

Ascom Sindpoc


Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 273

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 285

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 285

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 302

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 302

Notice: Undefined index: host in /home/sindpocorg/public_html/wp-content/themes/SINDPOC/functions/setup.php on line 309

No Setembro Amarelo, o Sindicato dos Policiais Civis (Sindpoc) alerta ao Governo do Estado que a Bahia não realiza nenhum tipo de trabalho com foco na saúde mental dos policiais civis e que não possui nenhum programa de avaliação do quadro psicológico dos servidores que trabalham com arma de fogo e em defesa da sociedade.

“Estamos com uma tragédia anunciada na Polícia Civil. A qualquer momento um policial pode cometer suicídio. A Polícia Militar possui um diagnóstico do quadro psíquico dos policiais militares. Enquanto que nós da Polícia Civil não temos nenhum tipo de levantamento. Precisamos de uma avaliação anual da situação psíquica de nossos agentes”, propõe Eustácio Lopes.

O presidente do Sindpoc salienta que o Departamento Médico da Polícia Civil (Demep) está com uma quantidade insuficiente de profissionais para realizar o acompanhamento psiquiátrico dos servidores. “O Demep não tem profissionais para atender às demandas de Salvador, muito menos as da Região Metropolitana e do interior baiano. Não dá para o policial usar tarja preta e portar uma arma de fogo para defender a sociedade se ele não tem condições de defender a si próprio”, argumenta o sindicalista.

Ascom Sindpoc