Setor jurídico do SINDPOC: 24 horas em defesa dos associados

Nesta semana a sede do SINDPOC recebeu visita de diversos policiais civis de Salvador e do interior baiano que procuraram a entidade com o objetivo […]

Nesta semana a sede do SINDPOC recebeu visita de diversos policiais civis de Salvador e do interior baiano que procuraram a entidade com o objetivo de agradecer pelas conquistas  obtidas através do trabalho realizado pelo quadro de advogados da instituição.

(mais…)

SINDPOC comemora vitória de mais uma Ação Judicial

  O setor jurídico do SINDPOC comemora o êxito de  mais uma Ação judicial em defesa dos policiais civis da Bahia. Dessa vez, a instituição […]

 

O setor jurídico do SINDPOC comemora o êxito de  mais uma Ação judicial em defesa dos policiais civis da Bahia. Dessa vez, a instituição conseguiu o reconhecimento  da Aposentadoria, da perita técnica Celene Maria Santos de Souza, com a garantia da manutenção da Classe Especial.

(mais…)

Nota de solidariedade e apoio

O Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do Estado da Bahia – SINDPOC,  CNPJ Nº 34.024.661 0001-79, endereço Rua da Forca nº […]

NOTA

O Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do Estado da Bahia – SINDPOC,  CNPJ Nº 34.024.661 0001-79, endereço Rua da Forca nº 39 Edf. Barão de Cotegipe Sala 801/802, Centro Salvador CEP 40.060.340, legitima entidade sindical representativa dos policiais civis do Estado da Bahia, fundado em 13 de novembro de 1989, vem a público manifestar sua mais veemente solidariedade e apoio à luta e a à paralisação dos bravos companheiros policiais civis do Estado do Rio Grande do Norte, vitima de uma política irresponsável praticada pelo governo potiguar e injustiçados por uma decisão da justiça daquele Estado, que determinou a prisão de algumas lideranças legitimas do movimento que almeja, simplesmente, o justo pagamento de seus proventos de seu labor, atrasados desde o mês de novembro do ano passado, incluindo o 13º salário.

A situação dos policiais civis daquele Estado e de seus familiares é absolutamente insustentável. Sem receber salários, não conseguem pagar suas contas e, sequer, tem condições de se locomover até o trabalho.

Não restou alternativa senão a greve, não contra a sociedade, mas, sim,  como  reação ao total descaso por parte do governo estadual. Nas condições em que se encontram nossos companheiros policiais do Rio Grande do Norte, não reúnem condições de exercer, minimamente, as suas atividades de proteção da sociedade e do cidadão, responsabilidade maior do Estado que deveria cumprir com suas obrigações com a categoria e garantir o exercício de suas indispensáveis e fundamentais atividades na segurança pública. Por essas razões, somamo-nos à luta dos companheiros sob a liderança do Sindicato dos Policiais do Rio Grande do Norte, e toda sua diretoria, que, faz gesto de prudência e apela o estado que cumpra a sua parte para que os policiais tenham condições de voltar às suas atividades normais.

Por fim, repugnamos os que tentam jogar nossa categoria, naquele Estado, contra a sociedade, hoje fragilizada por responsabilidade do absoluto desrespeito, da falta de compromisso com a população e com o servidor policial civil, do atual governador do Estado do Rio Grande do Norte. Na Bahia como em todo o país, reivindicamos algo inerente ao desenvolvimento de nossas ações profissionais: DIGNIDADE! Para defender com igual dignidade nossos concidadãos!

Assistência jurídica do SINDPOC garante o direito ao Abono Permanência e pagamento retroativo dos policias civis

  O SINDPOC disponibiliza uma equipe de advogados em todo o Estado da Bahia para atender a categoria da polícia civil com o objetivo de […]

 

O SINDPOC disponibiliza uma equipe de advogados em todo o Estado da Bahia para atender a categoria da polícia civil com o objetivo de reivindicar o direito ao Abono Permanência e o pagamento retroativo.

(mais…)