Governo do Estado publica relação de servidores habilitados à Promoção de 2019

Policiais civis contemplados, a partir desta quarta-feira(16), tem 5 dias de prazo para ingressarem com recurso

SINDPOC informa que os policiais civis que estão habilitados à Promoção de 2019 e  estão com dados incorretos, tem 5 dias para ingressarem com recurso, a partir da publicação do Diário Oficial, nesta quarta-feira(16).

Caso seja necessário fazer alguma correção em um dos critérios exigidos para obtenção da Promoção, o servidor deve procurar a sede do SINDPOC onde conta com equipe durante os dois turnos para orientações e esclarecimentos. O servidor deve apresentar cinco critérios para aquisição da Promoção:  avaliação de desempenho anual, tempo de permanência na classe, tempo de Polícia Civil,  tempo de Estado e tempo de idade.

Acesse aqui a portaria. 

ASCOM SINDPOC

Banco de Talentos: investigadora realiza trabalho social de combate à pobreza no município de Jandaíra

Servidores da 2° COORPIN de Alagoinhas confeccionaram placa para homenagear a investigadora

Nossa homenageada do quadro “Banco de Talentos”, desta quarta-feira(16), é a investigadora Maria Jucemar dos Santos, 66 anos, lotada durante 32 anos e 8 meses na 2° COORPIN de Alagoinhas. Nesse período, trabalhou 12 anos na Delegacia Territorial do município de Jandaíra, onde deparou-se com uma realidade de pobreza e exclusão social que a levou a fundar a Associação Comunitária “É Possível ser Feliz”, em 5 de março de 2009,  para tentar minimizar o quadro de vunerabilidade social, insegurança alimentar, baixa autoestima e dependência química das famílias carentes do município.  

A Associação possui 94 famílias e realiza palestras  com o objetivo de promover um trabalho com ênfase na valorização humana e no sentimento de pertencimento. Além da preocupação com o bem estar psicossocial, a instituição  fomenta a geração de emprego e renda às mulheres do município através de cursos de artesanato gratuitos. A Associação articula a participação das artesãs em feiras de Economia Solidária de Salvador para comercialização dos produtos artesanais e aumento da renda familiar.

Nossa servidora que faz a diferença  participa de cursos voltados à agricultura familiar para repassar o conhecimento às famílias associadas atuando como “multiplicadora social” e pretende construir uma parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) para implementar uma cozinha industrial na sede da associação. “O pessoal de lá é muito carente. Nosso objetivo é elevar a autoestima e tentar garantir o mínimo de dignidade humana”, destaca Maria Jucemar.

A Associação “É possível Ser Feliz” possui  convênio com o Programa “Fome Zero” e distribui, a cada 3 meses, feijão e suco às famílias que são associadas à entidade. 

Além desse trabalho de segurança alimentar e geração de emprego e renda, nossa servidora que faz a diferença encaminha alcoólatras e usuários de drogas para internamento na Casa do Oleiro, do pastor José Raimundo,  localizada em Alagoinhas. ” Conseguimos recuperar várias pessoas! Muitos se libertaram das drogas! Graças a Deus a maioria conseguiu a vitória!”, comemora a investigadora.

Nosso Talento da semana, antes de ingressar na Polícia Civil, trabalhou como professora de matemática e graduou-se em Serviço Social. A recém-aposentada era da turma de 1984 e foi a primeira mulher policial de Alagoinhas, um exemplo às outras mulheres que entraram depois na carreira. ” Foi muito gratificante ! Eu gostei muito da minha carreira! Eu amava minha profissão!”,pontua. Em 2017, recebeu uma medalha na Câmara de Vereadores de Alagoinhas,em  25 de julho, em homenagem ao Dia Nacional Tereza de Benguela e da Mulher Negra. Nossa servidora que faz a diferença tem como principais hobbies ler e ir à praia.

ASCOM SINDPOC

Através da parceria com o SINDPOC, empresa beneficia filiados com diagnósticos de saúde gratuitos

A consultoria irá ser realizada nas unidades da capital baiana e do interior

Policiais civis que são filiadas ao SINDPOC não irão pagar pela consultoria que será realizada nas unidades da Polícia Civil de Salvador e do interior baiano pela empresa Mongeral Aegon que trabalha com plano de seguro de vida, seguro para invalidez e seguro em diagnóstico de doenças graves como câncer, AVC, infarto, perda da fala, da visão, da audição, ou perda da mobilidade dos membros superiores ou inferiores, insuficiência renal crônica, cirurgia de ponte de safena, transplante de coração, transplante de fígado, de medula, pâncreas, pulmão,rim e Alzheimer.

Caso o associado seja diagnosticado com uma dessas doenças, após a apresentação do laudo médico, recebe o capital segurado para desenvolver o melhor tratamento. O valor do plano é a partir de R$50,00 mensais, de acordo com o perfil do sindicalizado, e cobre os três tipos de seguros. A previsão é que o convênio com o SINDPOC comece a entrar em vigor a partir de 17 de julho.

A gerente comercial da empresa Mongeral Aigon, da unidade de Salvador, Katiusta Sena, destaca que a  empresa atua dentro de um modelo de consultoria que visa atender as necessidades de cada família, de forma individualizada. 

” A Mongeral começou a atender  em 1835 com foco na proteção dos servidores públicos, principalmente, os policiais civis e militares. Já temos uma história e trajetória nessa área. Somos  especialistas em seguro de vida e Previdência e temos 184 anos no mercado. Somos o terceiro CNPJ mais antigo do país em atividade ininterrupta”, salienta.

Para maiores informações: 

( 71)98157- 8253/
www.mongeralaegon.com.br

Interessados em trabalhar como consultores da empresa: www.selecao.mongeral.com.br

Policiais civis filiados ao SINDPOC são beneficiados com descontos de 12% em cursos na área de Segurança Pública

A parceria contempla filiados de Salvador, região metropolitana e interior baiano

Policiais civis filiados ao SINDPOC são beneficiados com descontos de 12% nos cursos fornecidos pela Escola Baiana de Formação de Vigilantes(EBF). A parceria contempla os servidores, filhos, cônjuges,  parentes ou amigos que poderão se matricular nos cursos de formação e reciclagem de vigilante, carro forte, escolta armada e segurança pessoal privada e de grandes eventos, todos com desconto de 12%.

A ideia da parceria é beneficiar tanto os policiais civis de Salvador como do interior baiano. As aulas presenciais serão realizadas na sede de Salvador e de Eunápolis.Os servidores de outras regiões e que desejam fazer o curso, não irão arcar com despesas de hospedagem, ficarão nos alojamentos disponibilizados  pela instituição. A matrícula deve ser feita mediante a presença do servidor ou através da apresentação do documento de identificação funcional. Os servidores que precisarem utilizar o estand de tiro será disponibilizado, gratuitamente, mediante agendamento prévio.

O sócio-diretor da empresa, Silvio Oliveira,  ressalta a importância dos empresários brasileiros reconhecerem  o trabalho desenvolvido pelos profissionais da Segurança Pública em prol da sociedade civil. 
” A gente tem que retribuir o que esses profissionais fazem por nós!  De alguma forma precisamos demonstrar nosso respeito aos policiais que tanto lutam em nossa defesa”, salienta Silvio Oliveira.

O associado ao SINDPOC, Reonei Menezes, acredita que a qualificação irá ajudar na  geração de emprego e renda aos familiares dos policiais filiados ao SINDPOC. “Os filhos podem estar desempregados, as esposas sem renda, a capacitação que será adquirida com os cursos, com certeza, vai ajudar no orçamento das famílias”,frisa o associado ao SINDPOC.

O Diretor Parlamentar do SINDPOC, Érico Araújo,  ressalta que é fundamental o investimento na qualificação dos servidores e dos familiares. “Essa é uma parceria de grande valia porque nós vamos investir na qualificação  para que os familiares tenham dias melhores. É uma oportunidade de poderem adquirir uma profissão e espaço no mercado de trabalho”, salienta o diretor Érico Araújo.

Para maiores informações:
3392-3677
www.ebfescola.com.br 

ASCOM SINDPOC