Ciclo de Palestras do Sindpoc discute a violência contra a mulher

Vice-presidente do sindicato, Ana Carla Souza Conceição, defende maior conhecimento das leis por parte de agentes do direito e da segurança pública, além de melhor estrutura, para ações mais efetivas contra agressores.

Vice-presidente do sindicato, Ana Carla Souza Conceição, defende maior conhecimento das leis por parte de agentes do direito e da segurança pública, além de melhor estrutura, para ações mais efetivas contra agressores.

A parceria entre o Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (Sindpoc) e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-Bahia) resultou na realização de mais uma edição do Ciclo de Palestras. Na edição desta sexta-feira, dia 25, o tema debatido foi a violência contra a mulher e reuniu profissionais do direito, da saúde e da segurança pública, no auditório da sede da OAB, no Centro de Salvador.

Primeira palestrante do evento, a advogada da Comissão de Direito Criminal da Ordem, Fernanda Avazano, explica que, apesar da divulgação massiva de campanhas contra esse tipo de violência, ainda são registrados, diariamente, entre 40 e 60 casos de agressão a mulheres somente na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) localizada no bairro de Brotas, na capital baiana. “Quando é uma agressão física, você consegue perceber claramente, porém a agressão psicológica é mais difícil de identificar e têm potencial de causar danos severos às vítimas”, alerta Avazano.

Integrante da mesa e vice-presidente do Sindpoc, a investigadora Ana Carla Souza Conceição destacou a importância da discussão desse tema, sobretudo para que policiais, advogados, profissionais da saúde, tenham um panorama de como está a situação e como o estado deve agir, inclusive de forma cooperada entre essas instituições, para fazer frente a esse problema. “Nós, do Sindpoc, buscamos municiar a categoria de informações e, por isso, a ideia do ciclo de palestras, que iniciou-se com o tema contra o assédio moral e sexual na instituição Policial Civil e continuará a discutir outros pontos”.

Além da advogada Fernanda Avazano e da vice-presidente do Sindpoc, Ana Carla Souza Conceição, compuseram a mesa do evento, a conselheira Marilda, presidente da Comissão de Proteção à Mulher da OAB, Renata Deito, a delegada da DEAM de Periperi, Simone Motinho, a Defensora Pública do Núcleo de Defesa da Mulher, Viviane Luchini, Lívia Carvalho, integrante da Comissão de Direito Criminal da OAB/Bahia, a advogada de direito de família e integrante do grupo “Tamo Juntas”, Leticia Ferreira, e a vereadora de Salvador, Marta Rodrigues (PT).

Ascom Sindpoc