Assembleia Conjunta aprova elaborar “calendário de lutas” para reivindicar o “salário de nível superior”

Será criada uma Comissão que ficará responsável em organizar e planejar as mobilizações

Durante Assembleia realizada, na manhã desta quinta-feira(13), no auditório da faculdade Visconde de Cairu,  policiais civis, policiais federais e rodoviários federais, de Salvador e do interior baiano aprovaram que irão apoiar a Greve Geral contra a Reforma da Previdência, desta sexta-feira(14). A Assembleia deliberou também que vai ser elaborado um “calendário de lutas” o qual  será executado em todo o Estado para exigir o cumprimento da Lei Orgânica 11.370/2019  que enquadrou as carreiras da Polícia Civil como ” nível superior”, entretanto, os servidores continuam com o piso salarial de nível médio.  

As entidades que representam os profissionais da Segurança Pública vão escrever uma carta de apoio à paralisação das centrais sindicais. A Assembleia Conjunta foi uma realização do SINDPOC, ASSIPOC, UNIPOL, SINDPEP e AEPEB , com apoio do SINPRF e SINDPOL.

O Presidente do SINDPOC, Eustácio Lopes, ressalta que os policiais estão impedidos pelo normativo do Supremo Tribunal Federal( STF) de paralisar as atividades, mas as entidades apoiam o ato político e a Greve Geral. ” Somos contra a Reforma da Previdência. A reforma vai penalizar o trabalhador, principalmente, os mais pobres. Cria uma capitalização que só beneficia o sistema financeiro e penaliza os pobres”, frisa o sindicalista.

Para Eustácio Lopes, a Assembleia Conjunta representa uma vitória dos policiais civis baianos. ” Conseguimos vencer as divisões internas da categoria para construirmos um projeto único em defesa dos pleitos policiais. O SINDPOC está feliz porque a partir de agora vamos contar com a colaboração de todos. A Assembleia deliberou criar uma comissão conjunta que vai elaborar um trabalho técnico referente ao salário de nível superior que será encaminhada Governo do Estado;  realizar uma assembleia conjunta com os deputados federais que compõem a Comissão Especial da Reforma da Previdência; organizar carreata que irá  até a ALBA ou à Governadoria como pontapé inicial do Calendário de Lutas; criar uma logomarca que simbolize a unidade das entidades. 

Assembleia Conjunta será transmitida ao vivo pelas redes sociais do SINDPOC

O objetivo é democratizar o acesso à Assembleia

Com o intuito de incluir policiais civis do interior e da região metropolitana de Salvador que não poderão comparecer à Assembleia Conjunta, desta quinta-feira(13), o SINDPOC irá transmitir, ao vivo, a partir das 8hs, a  Assembleia pelas redes sociais, Facebook e Instagram. 

“Nossa preocupação consiste em  incluir os servidores da capital e do interior para que todos possam interagir com o sindicato e possam participar das deliberações de interesse da categoria. As marcas dessa gestão são a participação e a inclusão”, ressalta o Presidente do SINDPOC, Eustácio Lopes.

Banco de Talentos: investigador que exerce cargo de vereador em Belmonte tem como foco a Segurança Pública da cidade

O combate à violência é a principal marca do mandato do vereador policial

Nosso quadro ” Banco de Talentos”, desta quarta-feira(12), homenageia o investigador Alfredo Schuarz Aberceb,  de descendência alemã e árabe, que já foi lotado em Salvador, Simões Filho e Portão até o dia em que se apaixonou pela cidade de Belmonte, localizada no município de Porto Seguro, e protocolou pedido de transferência para o local, que foi efetivado em abril de 2013. ” A cidade é linda demais! Encontro do rio com o mar. O povo é muito receptivo, muito tranquilo! Me apaixonei totalmente pelo local”, declara o investigador, que, após  quase três anos morando na cidade, lançou candidatura a vereador pelo Partido Social Democrático ( PSD) o qual foi eleito com  225 votos.

O foco do mandato do ” vereador Alfredo” gira em torno da Segurança Pública. O vereador policial já conseguiu diversas conquistas para os moradores da cidade como o projeto que visa criar uma Guarda Municipal que já foi aprovado pela Câmara de Vereadores e aguarda ser sancionado pelo executivo, o projeto de “vídeo monitoramento” em parceria com o Centro Integrado de Comunicação (CICOM)  que tem como  objetivo  diminuir a violência no município, que está em fase de finalização e será entregue à população, provavelmente, até 16 de julho, onde serão instaladas 10 câmeras de alta resolução em  locais pré-estabelecidos pela Polícia Civil e Militar com a finalidade de combater a violência no local. O projeto conta com a parceria do Tribunal  Regional do Trabalho (TRT), instituição responsável pela aquisição das câmeras. 

O vereador policial destaca que o delegado Wendel Ferreira é um dos seus grandes parceiros na cidade onde já realizaram sete operações da Polícia Civil que combateram o tráfico de drogas e os crimes de homicídios.  “Só no ano passado, conseguimos prender 36 pessoas. Nós temos 100% dos homicídios solucionados no município de Belmonte com os autores todos qualificados”, comemora o investigador.

O vereador Alfredo possui diversos projetos que obtiveram êxito e beneficiaram a população local através de uma parceria com o Coronel França, como exemplo, cita duas motos que articulou para a Polícia Militar, e um projeto que já encontra-se aprovado e visa construir uma Companhia Militar na entrada da cidade de Belmonte a qual o Coronel França irá  disponibilizar o material necessário à obra e a Prefeitura irá ajudar com a mão de obra e o local será que será cedido, além de ter conseguido implementar uma administração Militar em uma escola do município com o apoio do prefeito Janival Borges. 

Nosso policial que faz a diferença é casado, pai de três meninas,  tem como projeto futuro ser reeleito para dar continuidade ao trabalho que realiza na Segurança Pública da cidade e tem como principais hobbies viajar, curtir um churrasco com os amigos e praticar a atividade da pesca. 

O Deputado estadual Tum, do Partido Social Cristão ( PSC), durante reunião com a diretoria do SINDPOC, se comprometeu em defender as pautas apresentadas pela categoria na Assembleia Legislativa da Bahia ( ALBA). O parlamentar colocou o mandato à disposição dos policiais civis baianos e demonstrou interesse em fazer articulações políticas com o SINDPOC que beneficiem a categoria. A reunião contou com as presenças do  Presidente do SINDPOC, Eustácio Lopes,  e do diretor Luiz Antunes, mais conhecido como “Prim Prim”.