Através do setor jurídico, servidor anula remoção arbitrária

Após Mandado de Segurança, o investigador voltou a trabalhar em Brumado

Mais um servidor da Polícia Civil conseguiu obter êxito na justiça através da atuação do setor jurídico do SINDPOC. O investigador Silvio Kley, 52 anos, lotado na 20° COORPIN/DEPIN de Brumado, conseguiu anular a remoção arbitrária após Mandado de Segurança obtido devido à atuação do quadro de advogados do sindicato. ” Em apenas um mês eu fui removido três vezes. Considero muito importante essa assistência jurídica que é disponibilizada pelo sindicato. É fundamental termos esse trabalho de consultoria jurídica”, frisa o sindicalizado.

O Presidente do SINDPOC, Eustácio Lopes, destaca que o departamento jurídico através da Lei Orgânica 11.370/2009 está conseguindo eliminar as remoções arbitrárias dos policiais civis. ” Nossos advogados trabalham todos os dias com empenho e afinco para acabarmos com essas injustiças, com essas remoções que não possuem fundamentação legal. Essa foi mais uma grande conquista da nossa categoria e do nosso sindicato”, comemora o dirigente sindical.

ASCOM SINDPOC