Search
sexta-feira 14 dezembro 2018
  • :
  • :

Jurídico do SINDPOC alcança quantidade histórica de ações vitoriosas

BANNER8

Policiais civis da Bahia que são filiados ao SINDPOC  são beneficiados com um excelente trabalho que é realizado pelo quadro de advogados do escritório Prates e Maia nas ações administrativas e criminais. Jurídico atuante ao longo das gestões com mais de 9.000 atendimentos jurídico, com grau de satisfação acima de 70%.

Inúmeros  sindicalizados conseguiram absolvição de processos criminais e vitórias na área administrativa,  como o acesso ao  Abono Permanência, às Promoções, ao  pagamento das horas extras, à Gratificação de Função Policial(GFP), às  Condições Especiais de Trabalho(CET), às  GAPS, entre vários direitos reivindicados pela categoria.

Para o advogado Bartolomeu Chaves, da área administrativa, atuar à frente do jurídico do SINDPOC  é gratificante à  medida que a equipe de advogados trabalha no sentido de tentar amenizar as perdas que os policiais civis sofrem ao longo dos anos.”  É muito bom para a gente poder ver os servidores satisfeitos  com os direitos garantidos”, pontua.

O advogado criminal Marcelo Duarte  destaca que a equipe atende  policiais de todas as regiões da Bahia em processos que envolvem acusações de homicídio, lesões corporais, tortura, entre vários casos. “Nós defendemos os policiais que, durante o exercício da função, são acusados de terem praticado algum tipo de crime. Apesar de serem complexos, nós conseguimos lograr êxito na maioria  dos processos  e no Tribunal do Júri”, frisa Duarte, ao lembrar de uma manifestação que foi realizada em frente à Corregedoria da Polícia Civil(CORREPOL),em 2010,  devido a morte do policial Valmir, mais conhecido como ” nosso amigo”. Na ocasião, o jurídico do SINDPOC  conseguiu absolvição tanto na Justiça Criminal como no processo administrativo.

A advogada Luana Leal frisa  que o trabalho desempenhado pelo  jurídico visa defender os direitos dos policiais civis que são negligenciados pela gestão estadual. Para Luana, a categoria não recebe dos órgãos públicos o reconhecimento pelo trabalho que realizam em defesa da sociedade civil. ”  Nós trabalhamos com uma grande variedade de ações.  Temos também protocolado muitas ações contra o PLANSERV que, após ter implementado o sistema de cotas, vem retardando a liberação dos procedimentos cirúrgicos e dos exames aos servidores”, critica Leal.

O Secretário-Geral do SINDPOC, Bernardino Gayoso, enfatiza o profissionalismo, a ética e o compromisso do quadro de advogados do escritório Prates e Maia. “A categoria fica muito satisfeita ao procurar o setor jurídico do SINDPOC. Conseguimos muitas vitórias tanto com as Ações administrativas, como na área criminal. A categoria é beneficiada com um quadro excelente  de profissionais”, frisa o sindicalista.

“Temos uma equipe de advogados dedicados  e competentes. Ainda  há muito a ser feito devido a falta de sensibilidade dos gestores governamentais em garantir os direitos dos servidores policiais civis, principalmente, na sua recomposição dos vencimentos e processos penais e administrativos. Considero como extremamente  positiva a atuação do jurídico  e quem tem a resposta são os nossos associados que conseguiram muitas vitórias”, comemora o Presidente do SINDPOC, Marcos Maurício.

ASCOM SINDPOC




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress