Search
quarta-feira 18 julho 2018
  • :
  • :

Consciência e conhecimento são nossas armas contra as mentiras do governo

pc

PARTE 1

LEIAM ATENTAMENTE, POIS É SUA VIDA COLEGA POLICIAL CIVIL DA BAHIA.

Cumpre rebater algumas mentiras e fofocas difundidas na categoria policial civil da Bahia, prezamos pela verdade e nela está alicerçada nossas ações. Segue abaixo informações importantes:

A CET dos delegados foi implantado em 2005, enquanto nós (IPC, EPC e PTPC) somente conseguirmos em 2009. A PM só obteve essa conquista depois da nossa implementação. Julho/2009 = PC; Setembro/2009 = PM;

A GAPJ IV e V foi fechado o acordo depois da PM em 2012, Isso porque estávamos negociando não só o avanço dessa gratificação, mas o teto da CET (125%), as promoções de 2013 e 2014, a abertura de concurso publico com base na LOPC (nível superior), auxilio alimentação, a acumulação policial e professor (com base no ingresso com nível superior), e a saída dos presos das Custodias das delegacias;

Importante falar que a ESTRUTURA SALARIAL vigente segue o determinado pela Lei 7146/1997, o que definiu que nossa GAPJ ficaria menor que a do SD PM, nosso vencimento no inicial ficasse igual a do recruta da PM, que nossa remuneração inicial fixasse em quatro vezes menor do que um delegado inicial;

A REESTRUTURAÇÃO REMUNERATÓRIA é a única solução para sairmos do fosso SALARIAL, volto a repetir, o salário são estruturados de acordo com o parágrafo 1, do art. 39 da CF. Saída real e legal da nossa situação vergonhosa.

E isso é o único objeto comum da União entre o SINDPOC E A ADPEB;

Pois bem, o SINDPOC tem construído saídas para a categoria, o nosso problema maior é a autofagia na categoria, quando grupo de oposição se une com o governo para disseminar mentiras e fofocas a respeito da atuação da nossa Entidade.

Tentam desqualificar nossas ações e desestimulam a categoria na participação de qualquer manifestação ou mobilização junto com a Entidade, isso tudo apoiado pelo Governo.

Nossos inimigos tem nome, têm cadastros, tem grupo, são aqueles que se articulam com a SSP para destruir o SINDPOC, retirar os dirigentes que estão protegendo nossa CATEGORIA.  Eles difundem denuncias falsas e o governo apóia esse grupo, porque tem interesse na nossa saída e posterior punição. Isso tudo porque a diretoria, ao entrar no SINDPOC vem ingressando com milhares de ações judiciais contra o governo, fazendo manifestações, denuncias e fiscalizando rigorosamente as ações da SSP.

Para esses “colegas”, vale tudo para entrar no SINDPOC, mas por quê? Para implementar o tal “salário de nível superior”? Se comparar, a proposta do SINDPOC tem REAL fundamentação legal e técnica, alem de ter proposta de valor muito maior. Então, qual é a divergência?

DENUNCIARAM OS DIRETORES DA ENTIDADE HÁ SEIS ANOS e até hoje o governo está tentando ilegalmente NOS punir, isso com a ajuda desse grupo.

Importante dizer, que temos a nosso favor três decisões  judiciais diferentes, transitadas em julgados, INCLUSIVE UM LAUDO PERICIAL JUDICIAL  dizendo que membros da DIRETORIA DO SINDPOC NÃO cometeram o crime difundido (falsificação de ata), como é amplamente divulgado pelo grupo de oposição e estimulado pela SSP.

CONQUISTAS DA NOSSA DIRETORIA ENTRE 2009 A 2017

  • CET 125%;
  • GAPJ 4 e 5;
  • Reenquadramento para mais de 5.600 colegas;
  • Concurso Nível Superior para as carteiras;
  • Lei Orgânica com atribuições de alta complexidade para todos;
  • Acumulação dos cargos de Professor e policial;
  • De 2009 a 2015  aumento médio de 200%;
  • Igualdade dos cargos de comissão SI e Cartório capital igual à capital;
  • Decreto Permanente de Promoções;
  • Gratificação de Titulação;
  • Atendimento Jurídico chega à marca de 8.000 de 2009 a 2018;
  • Absolvição de colegas em Júri popular mais 50;
  • Endurecimento em defesa dos colegas contra as Remoções Arbitrárias;
  • Promoções nos anos de 2013 a 2014;

NOVA PROPOSTA DE REESTRUTURAÇÃO REMUNERATÓRIA REALMENTE FUNDAMENTADA

  • JÁ NA GESTÃO ANTES DE 2008
  • 115% de aumento em 12 anos (1997 A 2008);
  • 600 promoções neste mesmo período;
  • Reestruturação Salarial que nos jogou no fosso entre as carteiras de delegados, peritos com as demais carreiras.

 

JÁ O GRUPO DE OPOSIÇÃO:

  • 2008 a 2018 – críticas nas ações do SINDPOC e a não participação das mobilizações, resultado: vivem de oportunismos e a falta de informação da CATEGORIA;

NÃO ADIANTA TENTAR DESQUALIFICAR, CONSTRUÍMOS E IMPLANTAMOS O QUE NÃO EXISTIA NA POLICIA CIVIL DA BAHIA.

VAMOS CONTINUAR LUTANDO.

Abraço

Marcos Maurício

Presidente do SINDPOC




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress