Search
domingo 16 dezembro 2018
  • :
  • :

Ilhéus: Delegacia suspende o Plantão Policial por 24 horas

ILHEUS (1)

A Delegacia de Ilhéus, localizada no Sul da Bahia, pertencentente à 7°COORPIN,  suspendeu por 24hs o atendimento do plantão dos  Policiais Civis, nesta segunda-feira(  19  ).

A medida foi tomada devido à total precariedade física da unidade policial onde apresenta infiltrações, paredes morfadas, cadeiras quebradas, ar condicionado com problemas técnicos, banheiros interditados. A Delegacia não possui cadeiras para a realização do Registro de  Ocorrência, a tubulação hidráulica, do setor de Custódia, foi rompida, fato que originou um alagamento.Como forma de tentar minimizar a situação, os servidores precisaram fazer um mutirão para combater à inundação.

O Vice-Presidente do SINDPOC, Eustácio Lopes, pontua que os policiais apresentam sintomas de problemas alérgicos causados pelo ambiente insalubre. O SINDPOC  fez uma vistoria no local e resolveu suspender o Plantão policial por 24horas no aguardo de uma posição da SSP-BA. Lopes afirma que o SINDPOC denunciou o quadro de abandono de Ilhéus, em outubro do ano passado. Nesse período, a SSP-BA afirmou que ” a Delegacia de Ilhéus não está na relação das unidades que serão contempladas com as reformas do Governo do Estado “.

“Além de Ilhéus, em quase todas as delegacias da Bahia, temos o mesmo quadro de abandono. Inclusive, em Itacaré, a delegacia ia desabar por cima dos servidores. O problema só foi resolvido porque a Prefeitura alugou um imóvel e  cedeu à Polícia Civil. Casos semelhantes encontramos também em Ubaitaba e em Barro Preto”, denuncia Eustácio Lopes.

O Presidente do SINDPOC, Marcos Maurício, destaca que essa situação reflete a falência da Segurança Pública baiana. ” Infelizmente, esse é o quadro real das nossas delegacias. Os policiais são submetidos a trabalhar em locais insalubres, em condições sub-humanas. O Governo do Estado tem responsabilidade direta na medida em que abandona a Segurança Pública para fazer obras que não dão nenhum resultado e muita propaganda”, critica Marcos Maurício.

ASCOM SINDPOC




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress