Search
quarta-feira 22 novembro 2017
  • :
  • :

Após mobilização dos policiais civis, Projeto-Lei teve o trâmite adiado na ALBA

ato (4)

Delegados, escrivães, investigadores, peritos técnicos, criminais e médicos-odonto “ocuparam” a Assembleia Legislativa, nestas segunda (13) e terça-feira(14),localizada no CAB, com o objetivo de pressionar os deputados estaduais a incluir quatro Emendas ao Projeto- Lei 22.549/2017que  ALTERA a estrutura remuneratória dos policiais civis e militares.

A categoria reivindica que o Governo do Estado  conceda  o mesmo reajuste do vencimento  na GAPJ e GAJ ; reajuste do auxílio Alimentação; integridade da Aposentadoria Especial e o Pagamento da GAPJ e GAJ 4 para os novos policiais.

A mobilização da categoria foi promovida pelo SINDPOC, ADPEB, SINDPEPI, ASBAC, ASSIPOC, AEPEB, SINDIMOBA e AFPEB. Os sindicalistas e servidores percorreram os gabinetes dos deputados estaduais Bira Coroa(PT-BA), Prisco ( PPS ), Zé Neto( PT   ), Pablo Barrozo ( DEM) e o dep. Zó ( PC do B). Além desses parlamentares, os policiais conversaram também com o atual Presidente do PT, Everaldo Anunciação, e o o Presidente da ALBA, Ângelo Coronel.

O Secretário-Geral do SINDPOC, Bernadino Gayoso, destaca que o Projeto-Lei  22.549/2017 iria ser encaminhado nesta terça-feira(14), em Regime de Urgência. O sindicalista ressalta que as mobilizações feitas pela categoria conseguiram  adiar o trâmite do Projeto na ALBA.” Ganhamos tempo para tentarmos uma negociação com os deputados para que eles incluam nossas Emendas. A presença dos policiais impactou bastante. Precisamos  continuar nos mobilizando”, frisou Gayoso, ao comemorar o resultado do trabalho realizado pelas entidades e servidores. A indicação da ALBA é que na próxima terça-feira(20), o Projeto entre em trâmite.

Segundo o  Presidente do SINDPOC, Marcos Maurício, a atividade desta semana demonstrou a ” força” da categoria e a importância da mobilização. ” Temos sempre que reafirmar a importância dos policiais se mobilizarem. O nosso objetivo foi sensibilizar os nossos parlamentares  para que atendam às nossas reivindicações”, pontuou o sindicalista.

ASCOM SINDPOC




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress