Search
sábado 21 outubro 2017
  • :
  • :

SINDPOC protesta durante visita de Rui Costa à Itabuna

Itabuna (2)

Com faixas e cartazes  “Tenho orgulho do que faço e vergonha do que eu ganho” policiais civis das Coorpins de Itabuna e Ilhéus protestaram, na manhã desta segunda-feira(9), durante a visita do Governador Rui Costa ao município para assinatura da duplicação da rodovia Ilhéus-Itabuna.

Na ocasião, a categoria reivindicou a regulamentação das promoções, a reestruturação das carreiras, correção das diárias, horas extras e plantão do carnaval de nível médio para superior, o reajuste linear, GAPJ 4 dos novos policiais, entre outras demandas da categoria.

O Presidente do SINDPOC, Marcos Maurício, destaca que esse movimento integra uma série de manifestações que estão sendo realizadas em todo o Estado da Bahia pelo sindicato em defesa da categoria. “Os problemas que nós vamos discutir na Assembleia atingem todos os policiais civis. Sabemos que o Governo do Estado resiste a atender às nossas reivindicações. O Governador está insensível em relação às demandas do funcionalismo público.Nós estamos tentando romper com  essas barreiras através das mobilizações. Todos os atos que o Governador participar, o SINDPOC estará fazendo os protestos. Vamos acompanhar a agenda do Governador porque nós lutamos pela dignidade do policial civil”, enfatiza o sindicalista.

O Vice-Presidente do SINDPOC, Eustácio Lopes, salienta que a Polícia Civil está com os salários defasados, que não condizem com as atividades, a categoria reivindica  um novo plano de cargos e salários. Lopes afirma a necessidade do Governador Rui Costa abrir um diálogo para negociação.” O plantão do carnaval continua equivalente ao nível médio.Recebemos uma diária de $149,00 que não dá para pagar   nem a hospedagem em Salvador. Nós reivindicamos R$ 300,00 das diárias para que os policiais possam pagar o transporte, hospedagem e a alimentação. Convocamos a categoria para fazermos protestos em todos os  atos públicos que o governador Rui Costa estover presente com objetivo de se  reeleger.O candidato não gosta de propaganda negativa. A polícia civil foi a única categoria do serviço público estadual a fazer protesto”, enfatiza Eustácio Lopes.

ASCOM SINDPOC




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress