Search
sábado 21 outubro 2017
  • :
  • :

Carnaval: Policiais civis de Salvador desistem de trabalhar na festa momesca de 2018

CARN_SALVADOR (4)

Policiais civis de Salvador das delegacias de Furtos e Roubos, Delegacia de Repressão a a Roubos de Coletivos , ambas localizadas na Baixa do Fiscal, e a POLINTER, sediada nos Barris, assinaram, nesta semana, o “Requerimento de Desistência” para não trabalhar no carnaval baiano de 2018, em protesto aos baixos valores pagos pelo Governo do Estado.

No festa carnavalesca do ano passado, a diária paga aos policiais foi de R$114,00 e a hora extra R$186,00. A categoria reivindica R$230,00 pelo pagamento da diária e R$ 450,00 equivalente a cada 12 horas extras. O SINDPOC esclarece que o Requerimento de Desistência não possui caráter de greve e paralisação.  Os servidores vão cumprir a carga horária normal de trabalho de 40horas semanais.O impasse gira em torno do cumprimento da escala do carnaval.

O Presidente do SINDPOC, Marcos Maurício, pontua que a mobilização da categoria está forte e os policiais estão dispostos a não cumprir a escala do carnaval. ” A categoria aprovou o prazo de 7 meses que temos para negociar com o Governo do Estado. Todo mundo está empenhado em assinar o Requerimento de Desistência!”, frisou o sindicalista.

O Vice-Presidente do SINDPOC, Eustácio Lopes, ressalta que a quantidade de policiais civis que assinaram o Requerimento de Desistência constata que os servidores da capital e do interior estão insatisfeitos com as condições de trabalho durante a realização da festa momesca. ” O policial que vem do interior fica sem ter como se alimentar, sem local para dormir.O policial acaba trabalhando estressado  e isso reflete na abordagem feita com o folião. A categoria reivindica que o Governo do Estado disponibilize ônibus para levar os policiais aos circuitos do carnaval.Já aconteceu de um policial estacionar o carro em local inadequado, teve o veículo apreendido pela TRANSALVADOR e pagou a multa!”, critica Eustácio  Lopes, ao destacar ainda a precariedade da alimentação que é fornecida aos policiais civis durante o carnaval baiano.

ASCOM SINDPOC




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress