Search
segunda-feira 24 abril 2017
  • :
  • :

SINDPOC convoca categoria a participar de ato no CAB nesta quinta-feira (6)

2 anos sem reajuste1

Sindicato e entidades classistas protestam contra reajuste zero e reformas que ferem os direitos dos trabalhadores

A diretoria do SINDPOC convida todos os policiais civis que estiverem de folga nesta quinta-feira (6) a participar, a partir das 9h, do ato no CAB em protesto a política de reajuste ZERO que segue desde 2015. A idéia é sair em passeata pelas ruas do local até a Governadoria. A manifestação está sendo realizada juntamente com a FETRAB.

Com esse congelamento nos reajustes, o auxílio alimentação, por exemplo, permanece há anos no valor de R$ 9,00. “Vamos mostrar toda nossa indignação a respeito dessa situação; e também nos posicionar, mais uma vez, contra a retirada dos direitos dos trabalhadores com as propostas do Governo Federal das reformas da previdenciária e trabalhista, que estabelece a terceirização para atividades fim”, ressaltou o presidente do SINDPOC, Marcos Maurício.

 Ascom – SINDPOC




2 comentários em “SINDPOC convoca categoria a participar de ato no CAB nesta quinta-feira (6)

  1. Assis Castro Oliveira

    Boa Noite hoje me deparei com uma triste noticia a prisão de um colega, infelizmente é uma dura realidade que temos de enfrentar. Porem o principal culpado dessa situação chama-se GOVERNO,ora o que leva Policial a praticar esse tipo de martírio. Será a crise econômica ou a situação coativa que o Policial vive, por fezes nos perguntamos uma Juiz um Promotor ou um Delegado ou até mesmo um oficial militar, será que cometeriam tal atitude. O salario faria alguma influencia ao meu ver faria mesmo. Isso reflete a realidade do policial que a todo dia é tentando em especial os que sustentam o Estado Democrático de Direito os denominados chão de fabricas; que só são apenas lembrados quando são acometido de um crime. Forca colega Assis Castro Oliveira

    Responder
  2. Ley Santos

    Há muitos dias o policial civil baiano já não almoça dignamente. Esses R$ 9,00(NOVE REAIS) mal se compra um lanche, ou meia dúzia de pães.
    Investigar o quê? com fome? Matar os policiais de fome talvez seja menos escandaloso, pois morre-se aos poucos, sendo menos dispendioso. É mais uma forma de se praticar o “genocídio”(famellius) com a categoria da Polícia Civil da Bahia.
    Entender que a falta de reajuste é uma ação bem intencionada, é deixar-se convencer por mentiras.
    Por que não privatiza a corporação, seria melhor. Deveríamos ser remunerados por preços públicos., talvez passássemos menos fome.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress