Search
terça-feira 23 maio 2017
  • :
  • :

SINDPOC repudia destruição dos direitos previdenciários dos policiais civis

repudio

Entidades classistas convocam policiais civis para ato de protesto contra a reforma da Previdência nesta quarta-feira (7), na Praça da Piedade, às 9h30

Em protesto a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) parar reformar a Previdência Social encaminhada pelo Governo Federal ao Congresso Nacional na noite desta segunda-feira (5) o SINDPOC e a FEIPOL Nordeste convocam a categoria para participar nesta quarta-feira (7), às 9h30, de um ato na Praça da Piedade, região central de Salvador. A manifestação é nacional e estará acontecendo em vários estados, apoiada pela Cobrapol, AMPOL, FENAPPI, FEIPOL Sul, Sudeste, Norte e Centro-Oeste, FENDEPOL e Adepol do Brasil.

Segundo as entidades, o texto base da reforma tornará a realidade dos profissionais de Polícia totalmente inócua e nula, agravando uma situação que já não é boa para os servidores de todo o país. A proposição do governo é altamente prejudicial e danosa aos direitos funcionais dos policiais civis, entre os principais prejuízos estão:

1- Fim da paridade, inclusive para quem já faz jus à aposentadoria; 2 – relativização do direito adquirido quanto à paridade, tempo de serviço e de contribuição; 3 – estabelecimento de uma idade mínima de 65 anos, inclusive para aqueles que já forem servidores ativos (até a idade de 50 anos, não haverá praticamente regra de transição, enquanto que para aqueles que já ultrapassaram tal limite de idade, deverá cumprir períodos adicionais de tempo em relação ao regime atual); 4 – unificação dos limites remuneratórios dos regimes de Previdência, os quais terão como teto àqueles vigente no regime real (máximo definido pelo INSS); 5 – aumento da alíquota previdenciária, possivelmente para o valor de 24℅; 6 – fim de todas as disposições próprias do regime especial de aposentadoria.

“Se todos se mantiverem mobilizados, lutando por seus direitos, a chance de sucesso é muito maior”, salienta o presidente do SINDPOC, Marcos Maurício ao incentivar os policiais a não esmorecer. “A nossa omissão afetará diretamente o resultado”, concluiu.
Ascom – SINDPOC

Por Michele Coutinho




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress