Search
quinta-feira 18 outubro 2018
  • :
  • :

SINDPOC comemora nomeações de novos policiais

Palmas

Vitória é resultado de uma das reivindicações pleiteadas desde 2009

O Governo da Bahia publicou no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (4/8) a lista de nomeação dos investigadores, delegados e escrivães aprovados no concurso da Polícia Civil realizado em 2013. A publicação sai depois de muitas mobilizações promovidas pelo SINDPOC, como assembleias gerais e paralisações, e também da luta dos concursados; guerreiros incansáveis até alcançar o fruto que hoje se concretiza.

O concurso público é resultado da luta do SINDPOC, que em 2012 conseguiu fechar acordo com a SAEB para promover o certame; o que ocorreu em 2013 e 2014. Para atingir mais esse objetivo, só esse ano o sindicato realizou diversas reuniões com o governo, promoveu três paralisações da categoria e a entrega de armas (simbólica) no prédio da instituição.

O presidente do sindicato Marcos Maurício deseja as boas vindas aos novos colegas. “Hoje é um dia de comemoração e ao mesmo tempo um marco de mudança na Polícia Civil da Bahia. Unidos somos o fortalecimento da transformação do nosso comportamento profissional. Com mais profissionalismo e menos subserviência temos que usar o princípio da legalidade como o maior standard de nossa atividade e resgatar a nossa identidade de Polícia Investigativa. Parabéns aos novos colegas, que entrem com o espírito de solidariedade e fraternidade profissional; que entrem com a consciência profissional e de união da categoria. Avante colegas, avante todos para nossa luta pela dignidade profissional”, conclamou Marcos Maurício.

Há ainda mais de 1500 vagas sem preenchimento na Polícia Civil do Estado. O SINDPOC irá reivindicar também mais vagas para os excedentes do concurso e a nomeação dos peritos que fizeram o curso em 2014. “Essa é mais uma das etapas vencidas, agora todos têm o dever moral de ingressar na luta pela nossa reestruturação salarial; com uma nova formatação remuneratória, digna das atividades dos policiais civis. Além do reconhecimento profissional por meio de uma lei de investigação criminal, melhores condições de trabalho e fortalecimento da instituição, a qual vem sendo destruída pela usurpação da atividade de Polícia Judiciária por instituições como a PM”, observou o presidente sindical.

Ao conferir a publicação o SINDPOC percebeu que foram nomeados menos de 639 policiais e aproveitou uma reunião com o delegado-geral adjunto Gildécio Souza nesta manhã para expor a situação e solicitar a celeridade nessas nomeações. “Ele nos informou que essas pessoas que foram consideradas aptas no curso de formação e não foram nomeadas é porque estão sub judice”, revelou Marcos ao convocar esses colegas a comparecer na sede do sindicato para que sejam auxiliados de forma que a nomeação seja agilizada.

SSP não paga professores da ACADEPOL

Os professores da ACADEPOL ainda não receberam o pagamento dos seus salários conforme acordado entre eles e a Secretaria da Segurança Pública. Até agora, mais de dez profissionais (policiais e não policiais) já compareceram ao SINDPOC pedindo ajuda para reaver os valores que não foram pagos desde o final da prestação de serviço de aulas na Academia. Eles estão revoltados com tamanho descaso e falta de respeito e esperam receber os seus direitos.

Indignados com tamanho absurdo a diretoria do SINDPOC colocou o corpo jurídico da entidade a disposição desses profissionais para auxiliar no que for preciso a fim de que eles recebam do Governo do Estado aquilo que lhes é devido.

CONFIRA LISTA DE NOMEADOS 2016

Ascom – SINDPOC

Michele Coutinho




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress