Search
quinta-feira 20 julho 2017
  • :
  • :

Justiça barra tentativa de divisão sindical da categoria

justica1_not1102

SINDPOC é o único sindicato representativo dos policiais civis da Bahia declara a decisão judiciária

O Tribunal Regional do Trabalho tornou sem efeito o edital de convocação de comissão pró-fundação de um sindicato específico para investigadores de polícia. O objetivo era  DISSOCIAR/DESMEMBRAR os trabalhadores associados ao SINDPOC. O edital foi publicado no Diário Oficial da União do último dia5 de abril.  
 
Depois de declarar a nulidade da referida publicação e ratificar a decisão transitada e julgada do Tribunal Superior do Trabalho (TST) reconhecendo o SINDPOC como único representante classista dos Policiais Civis do Estado da Bahia, a Justiça notificou a comissão para se abster de promover qualquer ato contrário ao comando sentencial sob pena de ser reputado crime de descumprimento de ordem judicial, sujeito as penas previstas em lei.
 
“Esta decisão do TRT consolida a unidade da luta dos trabalhadores da Polícia Civil da Bahia em um momento importante, quando lutamos por valorização profissional  e pela igualdade entre as carreiras. Acredito que as pessoas que tentam enganar ou dividir a luta da nossa categoria que vá buscar outro tipo de brincadeira, porque sindicalismo é coisa séria. É a vida de todos nós servidores que está em jogo”, ressaltou o presidente do SINDPOC Marcos Maurício.
 
A decisão de invalidar a tentativa foi expedida pela juíza Clarissa Nilo de Magaldi da 33ª Vara do Trabalho de Salvador no dia 5 de maio. “Não podemos admitir que pessoas com intenções particulares venham tentar se promover agindo de forma irresponsável; pessoas estas, aliás, que se juntaram a antigos gestores do sindicato que foram totalmente nocivos pra categoria, deixando um fosso salarial abissal”, destacou o secretário-geral do sindicato Bernardino Gayoso.
 
“A luta da categoria não pode ser prejudicada e inviabilizada por caprichos pessoais de pessoas sem compromisso com os avanços coletivos e com ideias divisionistas”, completou o diretor Joseval Costa.
 
Para o diretor de Formação Sindical Joselito Pinto a oposição é salutar, mas é preciso agir com responsabilidade. “Política é lugar do conflito, do debate de ideias e não de confronto. É necessário aglutinar todo esforço para que os objetivos de toda a categoria sejam alcançados”, concluiu.
 
Ascom – SINDPOC
Texto: Michele Coutinho

CONFIRA PETIÇÃO INICIAL DO PEDIDO DE EXECUÇÃO DA DECISÃO DO TST

CONFIRA NOTIFICAÇÃO DA 33ª VARA DO TRABALHO – ANULANDO DESMEMBRAMENTO




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress