Search
terça-feira 22 agosto 2017
  • :
  • :

Feipol Nordeste e demais Federações rechaçam instalação de Ciclo Completo de Polícia

Manifesto

Reunidos no II Confeipol-NE (Congresso da Federação Interestadual dos Trabalhadores Policiais Civis da Região Nordeste) de 1º a 3 de outubro, em Natal, Rio Grande do Norte, os representantes das Federações Interestaduais de Policiais Civis Nordeste, Sudeste, Sul e Centro-Oeste e Norte emitiram um manifesto denominado Carta de Natal/RN rechaçando com veemência a instalação do Ciclo Completo de Polícia por parte dos policiais militares em todo o país.

Segundo os líderes das instituições o novo método de persecução criminal sugerido pelo Projeto de Emenda Constitucional 430/2009 é um verdadeiro retrocesso no que corresponde à garantia de segurança jurídica e observância aos direitos humanos; além de deixar a população sem um serviço de prevenção ao crime, buscando somente investigar e suprir a própria falência das polícias militares estaduais, que não conseguem impedir o delito.

De acordo com o documento, a primeira coisa a fazer para melhorar a eficiência na segurança pública é desmilitarizar as polícias urbanas, e isso implica em estabelecer uma carreira única nas polícias judiciárias e subsequente unificação de todo o sistema policial. Só a partir de então, é que se  pode cogitar um ciclo completo de polícia.

Após a assinatura, a carta foi entregue inicialmente ao deputado federal pelo Ceará, Cabo Sabino, que participou do evento na sexta-feira. De acordo com o presidente da Feipol/NE, Bernardino Gayoso, o documento será também entregue a todos os parlamentares, na Câmara dos Deputados, bem como ao Ministério Público, OAB e demais entidades competentes. “É de grande importância o que construímos aqui, para mostrar a união e o posicionamento dos policiais de todo o Brasil”, declarou.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress